Volvo Trucks

AUTO SUECO ANGOLA

×

O interior da cabina do novo Volvo FM: máximo conforto para o motorista

| Leitura de 6 minutos | Leitura de 6 minutos
A renovação do interior da cabina do Volvo FM é o primeiro redesenho desde o seu lançamento no final da década de 90. Carina Byström, Designer Principal de Interior da Volvo Trucks, explica o que a inspirou a si e aos seus colegas durante a atualização do piso ao teto.
Carina Byström, Designer Principal de Interior da Volvo Trucks em frente aos esboços do design do Volvo FM e a amostras de cores numa parede
Carina Byström liderou o redesenho do novo interior espaçoso da cabina do Volvo FM – um trabalho que se manteve em grande segredo.

Ao entrar no novo Volvo FM, a primeira coisa que salta à vista é o acréscimo de espaço. Um pilar A elevado proporciona um metro cúbico adicional ao interior da cabina, com mais espaço para os elementos essenciais práticos, como os arrumos. No entanto, contribui igualmente para a sensação de leveza e permite que os motoristas se movam com maior liberdade. “Faz toda a diferença quando se pode esticar totalmente os braços por cima da cabeça. Ou deslocar-se facilmente pela cabine, mesmo com uma chávena de café numa mão. Dá-nos uma sensação de liberdade – uma autêntica sensação de ‘uau!’”, afirma Carina Byström. 

Queríamos garantir que tudo está à vista e ao alcance fácil a partir do lugar do motorista.
A estratégia de design da cabina centrou-se em torno do corpo humano, colocando tudo ao fácil alcance do motorista.

Carina Byström liderou o redesenho do novo interior da cabina do Volvo FM – um trabalho que teve início no Estúdio de design da Volvo Trucks em Gotemburgo há quase cinco anos e que se manteve em grande segredo até agora. Carina e a sua equipa concentraram-se desde o início em projetar a nova cabina em torno das necessidades dos motoristas. O novo Volvo FM tinha de ser, por um lado, extremamente prático e, por outro lado, confortável, dado que não é apenas uma ferramenta e um local de trabalho, mas também um lugar para recarregar baterias e recuperar forças. Como tal, a estratégia de design centrou-se em torno do corpo humano, colocando tudo ao fácil alcance do motorista.

A “cápsula de trabalho” foi um conceito que constituiu uma fonte de inspiração essencial para o trabalho de Carina e da sua equipa de design da Volvo Trucks. “Como motorista, executam-se todo o tipo de tarefas na cabine do Volvo FM – conduzir, tarefas administrativas, atender chamadas, por vezes, procurar informações ou almoçar, pelo que o espaço tem de ser versátil. Ao mesmo tempo, queríamos garantir que tudo está à vista e ao alcance fácil a partir do lugar do motorista”, explica Carina. 

Carina e a sua equipa de design de interiores trabalharam diretamente com especialistas em ergonomia, especialistas em interface homem-máquina (HMI) e inclusivamente com analistas de materiais ao desenhar o novo Volvo FM.

Além da amplitude, um outro fator que impressiona imediatamente no novo Volvo FM é a excecional visibilidade da cabina. A nova cabina apresenta janelas de maiores dimensões e mais baixas, proporcionando um campo de visão muito mais amplo, assim como novos espelhos retrovisores e uma câmara de canto do passageiro. Foi demonstrado que uma melhor visão direta da cabina permite reduzir diretamente os tempos de reação do motorista. E, dado que os motoristas do Volvo FM necessitam de circular em espaços apertados ou em ruas urbanas movimentadas com frequência, a visão direta é essencial. 

No entanto, manter a total concentração e capacidade de resposta enquanto motorista não se limita a ver as coisas melhor, mas também de minimizar as distrações. E essa situação é algo em que Carina e os seus colegas da equipa de design trabalharam arduamente para resolver no novo Volvo FM. A nova cabina inclui um novo painel de instrumentos, com arrumos adicionais e um display de instrumentos de 12 polegadas de alta resolução, e um display lateral opcional de 9 polegadas com ecrã tátil para infotainment, apoio à navegação, informações de transporte e monitorização das câmaras.

“Há uma sensação de que, ao longo da última década, temos vindo a acrescentar informações e distrações às nossas vidas e ao ambiente de condução. No entanto, é difícil processar todas essas informações. Vimos a nossa oportunidade de inverter essa tendência. Este redesenho foi uma autêntica oportunidade de limitar tudo ao essencial e de priorizar o que se vê e quando se vê. Isto permite igualmente a personalização do display de acordo com as necessidades”, afirma Carina.

Os tapetes de elevada aderência foram concebidos para dar aos motoristas uma base de apoio ainda mais estável.

Isso significa, por exemplo, que o número de ícones no painel de instrumentos é reduzido e os sinais e avisos essenciais no painel de instrumentos são reforçados com uma auréola de luz de fundo. A luz muda de uma cor branca ambiente para verde quando existe uma ação em curso, como, por exemplo, quando o sinal de mudança de direção é ativado. A luz passa a amarelo para avisar o motorista de uma situação e a vermelho para indicar que existe uma situação séria e que o camião deverá ser parado.

Um novo display lateral com ecrã tátil, que também pode ser ativado através do controlo por voz ou de botões no volante, permite aos motoristas o acesso ininterrupto às ferramentas de que necessitam.

Outro dos objetivos da equipa de design passava por dar aos motoristas do Volvo FM um acesso ininterrupto às ferramentas de que necessitam. É possível aceder ao novo ecrã tátil no display lateral através do controlo por voz ou através de botões intuitivamente posicionados no volante. 

“Queremos que o motorista se concentre na estrada e é por esse motivo que o ecrã pode ser controlado de várias formas,” afirma Carina.

Carina realça que uma das chaves para o sucesso do redesenho foi o acesso à ampla gama de especialistas da Volvo Trucks.

Para os motoristas, a cabina é igualmente um lugar para recarregar baterias. Atrás do banco do motorista, a nova área de descanso do Volvo FM foi melhorada para maior conforto. A nova cama da cabina longa foi elevada em 17 cm, com arrumos adicionais tanto em cima como em baixo. O conforto da cabina foi adicionalmente melhorado através de um isolamento reforçado que ajuda a manter o frio, o calor e o ruído à distância. 

O piso é agora mais plano, reforçado e equipado com tapetes de elevada aderência com um desenho especial, no sentido de dar aos motoristas uma base de apoio ainda mais estável, tanto no interior da cabina como ao entrar no veículo. Por outro lado, uma nova I-Shift, mais elegante e com design ergonómico, facilita as transições do banco para a cama. 

Carina Byström explica que, ao princípio, tanto ela como os seus colegas queriam que todas as partes do design encaixassem na perfeição. Isso significa que existem alguns fatores de deslumbramento no veículo, mas também soluções inteligentes que tornam a vida melhor, mas que poderão não ser constatadas de imediato. Por exemplo, existem painéis LED integrados nos divisores dos compartimentos. “É um detalhe relativamente pequeno, mas achamos que os motoristas vão gostar. Afinal, a cabina é um lugar onde os motoristas passam muito tempo, pelo que é bom contar com uma área de descanso relaxante e algo aconchegante.” 

Carina realça que uma das chaves para o sucesso do redesenho do Volvo FM foi o acesso à ampla gama de especialistas da Volvo Trucks. A equipa de design do Volvo FM trabalhou diretamente com especialistas em ergonomia, especialistas em interface homem-máquina (HMI) e inclusivamente com analistas de materiais que testaram uma e outra vez a aderência do novo tapete da porta, por exemplo, para que os motoristas tivessem uma base de apoio sólida ao entrar na cabina. “Num design forte, é necessário conjugar muitos elementos diferentes para criar um ambiente de trabalho e de descanso harmonioso.”

O novo Volvo FM

Carcaju na estrada
Os designers da Volvo Trucks inspiram-se muitas vezes diretamente na natureza do norte da Suécia. No caso do Volvo FM, uma fonte de inspiração foi o carcaju, um carnívoro atarracado e muscular que vagueia pelas áreas selvagens do norte distante. Versátil e pronto para qualquer desafio, o animal é duro de roer apesar do seu tamanho mais pequeno – enfrentando muitas vezes animais muito maiores, incluindo ursos na sua plenitude. 

Robusto e versátil 
“Um Volvo FM pode ser um camião de bombeiros, um camião de gravilha ou um camião de resíduos, e o trabalho dos motoristas tem um papel importante na sociedade, sendo realmente heróis quotidianos. Como tal, queríamos que o design do camião assentasse em linhas e traços robustos, de modo a adequar-se a diversas utilizações e a interagir com o mundo exterior de forma positiva.”

Conectado
O novo Volvo FM foi concebido em torno da interação homem-máquina. “O camião dispõe de uma nova inteligência e parte do nosso trabalho passou por assegurar que todos os sistemas estivessem ligados entre si e interagissem na perfeição em todas as situações.”

Notícias relacionadas